#406: Inocência? – O Protetorado da Sombrinha III – Gail Carriger

, em sexta-feira, 13 de janeiro de 2017 ,
Bookmark and Share

Editora: Valentina
Páginas: 302
Ano: 2015

Sinopse (Skoob):
Alexia Tarabotti enfrenta uma série de atribulações sociais, quiproquós e saias justas (embora compridíssimas) em plena sociedade vitoriana. Ao abandonar a residência do marido e se mudar de volta para o lar de sua terrível família, Lady Maccon se tornou o escândalo da temporada em Londres. Além disso, a Rainha Vitória dispensa Alexia do Conselho Paralelo, e a única pessoa capaz de ajudar a esclarecer os fatos, Lorde Akeldama, inesperadamente deixa a cidade. Como se não bastasse, Alexia é atacada por joaninhas mecânicas assassinas, indicando – como apenas joaninhas são capazes de fazê-lo – o fato de que todos os vampiros londrinos estão muito interessados em vê-la rigorosamente morta. Enquanto Lorde Maccon concentra seus esforços em ficar cada vez mais ébrio e o Professor Lyall se desdobra para que a Alcateia de Woolsey se mantenha coesa, Alexia deixa a Inglaterra em direção à Itália em busca dos misteriosos Templários. Somente eles têm o conhecimento sobre os seres preternaturais que Alexia precisa para entender sua crescente e inconveniente condição, mas eles podem ser piores que os vampiros – e estão armados com molho pesto. A série de STEAMPUNK mais cultuada do mundo! Best-seller do New York Times e finalista do Goodreads Choice Award na categoria Paranormal Fantasy.


Contém spoilers dos livros anteriores.

Alexia estava alegre e satisfeita: bem casada com Conall Maccon, um conde e líder da alcateia de Woolsey; trabalhando como muhjah para o conselho sobrenatural da Rainha Vitória; e se mantendo na moda.
Até que ela descobriu que estava grávida e tudo mudou. Conall a pôs para fora de casa, afinal lobisomens não engravidam mulheres humanas – aparentemente nem as preternaturais. Alexia voltou para a casa da família – uma situação insustentável. E quando toda a sociedade ficou sabendo do escândalo – culpa de uma de suas meio-irmãs –, a preternatural foi expulsa de casa e ainda perdeu o cargo no Conselho.
Lady Maccon, então, procura seu amigo vampiro, Lorde Akeldama, porém ele sumiu de Londres sem aparente razão. Pelo menos ele lhe deixou um recado, apesar de Alexia não o ter entendido.
Daí ela procurou Madame Lefoux, outra amiga, e foi quando foi atacada por joaninhas mecânicas do mal, percebendo que estava em verdadeiro perigo. Novamente.
Alexia convoca uma reunião com as pessoas que podem apoiá-la e ajudá-la a salvar a si mesma, pondo todos em movimento e vários de seus amigos em perigo também.
Enquanto tudo isso acontece com sua esposa, Lorde Maccon fica dando trabalho a seu beta, Professor Lyall, por estar completamente bêbado.

O que eu mais gosto na série Protetorado da Sombrinha é que as situações são tão absurdas, mesmo dentro do gênero fantasia, que eu me divirto muito lendo.
E tudo começa com a própria Alexia, que no meio de uma fuga desesperada, por exemplo, se preocupa com o estado de suas saias. Kkk Ela, aliás, não mudou nada dos livros anteriores para cá, talvez só esteja ainda mais determinada a ser exatamente como é.
Já o Maccon eu quis sacudir muitas vezes e de forma bem firme para ver se ele largava mão de bancar o idiota. Pobre do Professor Lyall que teve que passar metade do livro lidando com todos os problemas possíveis ao mesmo tempo e sozinho.
Senti falta do Lorde Akeldama e seu carisma chique aristocrático vampiresco, mas acredito que ele vá ser uma presença muito constante no próximo volume da série.
Até já quero me divertir com o quarto livro, mas acho que a leitura dele vai demorar um pouco para sair. rsrs

Nota: 4,5/5.

O Protetorado da Sombrinha:
Inocência?
Coração?

Timeless

Comentou? Preencha o formulário e participe do Top Comentarista de Janeiro. 

Nenhum comentário :

Postar um comentário