#404: Amaldiçoadas – As Crônicas das Irmãs Bruxas II – Jessica Spotswood

, em segunda-feira, 9 de janeiro de 2017 ,
Bookmark and Share

Editora: Arqueiro
Páginas: 288
Ano: 2014

Sinopse (Skoob):
Após escolher servir à Irmandade e abandonar sua posição social, sua família e Finn, seu grande amor, Cate Cahill vai enfrentar dilemas muito maiores.
Os Irmãos da Fraternidade estão cada vez mais ávidos por controle. Eles não apenas continuam fazendo de tudo para exterminar as bruxas, como agora também desejam acabar com a autonomia de todas as mulheres, por meio de um decreto que as proíbe de trabalhar e estudar.
Quando Sachi, amiga de Cate, é mandada para o Hospício de Harwood por executar magia em público, o cerco se fecha em torno da Irmandade e Cate começa a sentir a pressão para manifestar os poderes anunciados na profecia, aquela que aponta uma das irmãs Cahill como a bruxa mais poderosa em muitos séculos.
Mais do que nunca, Cate precisa proteger suas irmãs, Maura e Tess, que acabam indo morar com ela em Nova Londres. No entanto, a reaproximação se torna um revés quando Maura demonstra grande interesse em deter o maior poder de todos. As consequências podem ser terríveis e incluir uma guerra cruel capaz de separar de vez as irmãs Cahill.



Contém spoilers do livro anterior.
Cate Cahill desistiu do amor de sua vida para poder, mais uma vez, proteger as irmãs, Maura e Tess. Ao invés de declarar que queria se casar, Cate escolheu se juntar à Irmandade e mudou para Nova Londres.
Junto com as outras garotas que servem a Irmandade, Cate tem aprendido muitas coisas e ajudado mulheres em necessidade. Ainda mais com a Fraternidade tirando cada vez mais direitos das mulheres, como não permitir que andem na rua desacompanhadas ou trabalhem, o que dificulta muito a vida das viúvas, por exemplo.
Mas o principal é que Cate tem aprendido sobre magia, pois o principal segredo da Irmandade é que todas as moças do convento são bruxas e todas praticam a arte às escondidas. Porém Cate ainda evita usar magia mental, pois isso a assusta. A profecia que envolve ela e suas irmãs é terrível e inclui a morte de pelo menos uma das três, por isso Cate evita até falar sobre o assunto e faz o necessário para proteger as mais novas.
Ela se sente solitária, apesar de acreditar estar fazendo o certo, mas quando a Fraternidade cerca o fecho sobre as mulheres Irmã Cora, a líder da Irmandade, resolve que o melhor é trazer Maura e Tess para Nova Londres também, onde elas poderão ser melhor protegidas.
Além disso, Irmã Cora manda Cate ao hospício de Harwood, onde várias mulheres acusadas de bruxaria estão presas, para procurar por Zara Roth, sua madrinha, que pode dar mais informações sobre a profecia e o destino das irmãs Cahill.

Muitos, muitos problemas. Uma irmã cheia de responsabilidades, uma que não pensa nas outras e outra que tenta manter a paz. O volume dois das Crônicas das Irmãs Bruxas traz um problema atrás do outro e Cate falta enlouquecer tentando concertar tudo e manter as irmãs seguras.
Lembro (li em julho e só estou escrevendo a resenha agora em janeiro) que não gostei tanto desse quanto do primeiro, se não me engano por a história demorar um pouco a render realmente. Além do mais, a Maura me tirou do sério, tendo atitudes ridículas e fazendo as piores coisas.
Ainda assim, a história é muito boa e se desenvolve muito bem. Gosto muito da escrita da Jessica Spotswood. Indico para quem gosta de livros cheios de intrigas familiares e de luta por poder. E de magia, já que a história gira em torno de uma profecia e de poderes mágicos.

Nota: 4/5.

Trilogia As Crônicas das Irmãs Bruxas:
Amaldiçoadas
Predestinadas

Comentou? Preencha o formulário e participe do Top Comentarista de Janeiro. 

Nenhum comentário :

Postar um comentário