#403: Sempre em seu coração – L.F. Freitas

, em sexta-feira, 6 de janeiro de 2017 ,
Bookmark and Share

Editora: Amazon *livro digital*
Páginas: 240
Ano: 2016

Sinopse (Skoob):
Inglaterra – 1841
Lydia Graham era uma jovem peculiar para a sua época. Um espírito livre, desprovido de maiores vaidades e das pretensões comuns às outras mulheres da sociedade.
Por isso, quando descobre que será pedida em casamento por um Lord para o qual fora prometida ainda bebê, arma um plano para fugir desse compromisso. Para tal, precisará forjar um noivado... e o único que pode ajudá-la nisso é Daniel Brand, seu melhor amigo de infância.
Daniel odeia mentiras, mas encara a farsa, já sabendo que aquela é a única saída para salvar sua amiga de um casamento com um homem que ela odeia.
No entanto, com a convivência e a farsa do noivado, Daniel e Lydia aos poucos vão descobrindo um sentimento que vai muito além da amizade de infância. Um sentimento novo e avassalador, que irá abalar suas estruturas e despertar a ira de outras pessoas.


Lydia Graham tem um problema e tem 8 meses para resolvê-lo do jeito que quer. É para isso que ela sai, pelas ruas de Londres, no inverno, de calças e boina, para procurar o seu melhor amigo da infância e adolescência, Daniel Brand.
Daniel se tornou advogado e fazem uns 3 ou 4 anos que eles não se veem. Então não é surpresa quando ele demora a reconhecer Lydia, toda disfarçada, entrando em seu escritório. Mas assim que ele a reconhece os dois entabulam uma conversa que parece que se viram no dia anterior. Porém ele nem imagina o que o espera e Lydia combina de encontrar Daniel no fim do expediente para explicar porque precisa da ajuda dele.
À noite, ela conta para o amigo que a situação com a mãe e a irmã continua horrível como sempre e que, agora, se Lydia não encontrar um noivo rápido, terá que se casar com um homem velho e que odeia, tudo por causa de um acordo que a mãe fez quando Lydia ainda era uma bebê.
Daniel toma um susto quando recebe a proposta de se tornar noivo de mentira de sua amiga por 8 meses. Porém, como é muito leal, ele termina aceitando e fica acertado que ele vai passar duas semanas com a família de Lydia, para informar a todos do noivado e encenar a farsa. E depois, Daniel fará uma visita por mês, até Lydia completar a idade que lhe libera do famigerado acordo.
No entanto, com o passar do tempo e as novas facetas do relacionamento deles, os sentimentos de Daniel e Lydia um pelo outro começam a mudar, mexendo com eles mesmos e alimentando a raiva de outras pessoas.

Eu adorei! Principalmente por causa dos protagonistas.
A história é ótima: leve, com alguns dramas e divertida.
Lydia é muito independente e vive praticamente à parte da mãe e da irmã, com quem não se dá bem. Daniel tem uma vida muito boa, se dando muito bem com o meio irmão, mesmo depois de anos de problemas com o pai de ambos.
Ele detesta mentiras e nem é bom nelas, porém ajuda a melhor amiga por simples e pura lealdade. E convencimento, já que ele sabe que é o único que pode ajudar Lydia. E ela também usa a artimanha apenas para se livrar de um problemão e não porque goste de ser dissimulada.
Minha única reclamação é quanto a uma passagem por volta do capítulo sete, que me deixou com a impressão de ter sido meio corrida, apressada e, por isso, eu senti falta de um pouco mais de emoção, dado que era um ponto bem importante na construção do relacionamento de Lydia e Daniel.
No mais, o livro é muito bem escrito e um romance muito legal! Não ficam dúvidas de que indico!
P.S.: Para quem gosta do dramaturgo, há citações de William Shakespeare em todos os capítulos, pois Lydia é uma grande fã dele.

Nota: 4,5/5.

Outros livros da autora:
O toque de um anjo

Comentou? Preencha o formulário e participe do Top Comentarista de Janeiro. 

Nenhum comentário :

Postar um comentário