Anime & Mangá #12: Orange

, em segunda-feira, 14 de novembro de 2016 ,
Bookmark and Share


Do autor Takano Ichigo, Orange é um shoujo de romance escolar e drama (eu chorei um bocadinho assistindo).


Um dia, Naho Takamiya recebe uma carta que misteriosamente tem como remetente ela mesma. Ainda que estranhe o fato, Naho fica com a carta, em um primeiro momento sem acreditar que seja dela mesma, um “eu” que diz ser de um futuro dez anos depois.

Na carta, fala sobre um aluno transferido, Kakeru Naruse, com a data certinha que ele realmente aparece. Naho, aos poucos, vai comparando o conteúdo da carta e os seus acontecimentos diários e percebe que ela é verdadeira.


Naho passa a tomar as precauções que nela contém em relação a um futuro que seu “eu” do futuro gostaria de evitar: a morte de Kakeru. Mas não somente isso, tudo o que ela desejava mudar, pois os arrependimentos que levava consigo também estavam na carta. E conforme o escrito, Kakeru passa a fazer parte do grupo de amigos de Naho, formado por Suwa, Hagita, Azusa e Takako.

A protagonista passa a tomar decisões que interferem no futuro, tudo em prol de mudar pequenos acontecimentos que levariam à morte e ao seu pior arrependimento no futuro. Mas o que ela não poderia imaginar é que não está sozinha nessa decisão de evitar a tragédia. Hiroto, Saku, Azuza e Takako também receberam cartas e não vão apenas ajuda-la, mas também dar aquele empurrãozinho para Naho ficar junto de Kakeru, já que é perceptível que ele gosta dela e vice-versa.


Apesar de eu ter sofrido bastante com o drama, não tem nada de muito meloso. As cenas são bem fofas, isso é verdade, mas achei que fluiu, nada é forçado, tudo é muito puro e natural. Kakeru tem lá seus problemas, Naho suas preocupações, e por não passarem a imagem de “casal perfeito” foi o que me tocou.

No anime, mostra os amigos mais velhos interagindo e conversando, a explicação de como eles conseguiram enviar as cartas ao passado é interessante. Só não direi para manter essa informação em sigilo para aqueles que vão assistir, ok?


Torci bastante pelo casal KakeruxNaho, o final me surpreendeu, porque ainda que os amigos fizessem tudo para evitar, algo parecia inevitável: a tristeza que consumia dia-a-dia Kakeru.
Gostei bastante, recomendo a todos e tem aquele impasse de: será que eles ficarão juntos?

Kakeru chega a namorar uma veterana (Ueda) e Suwa tem um grande sentimento por Naho, entretanto me mantive firme e torci pelo meu shipp até o final, hahaha. Quanto a ter dado certo (ou não) saberão se assistirem.


Nota: 5/5

Comentou? Preencha o formulário e participe do Top Comentarista de Novembro.

Nenhum comentário :

Postar um comentário