#386: A Irmã da Sombra – As Sete Irmãs II – Lucinda Riley

, em sexta-feira, 14 de outubro de 2016 ,
Bookmark and Share

Editora: Arqueiro
Páginas: 512
Ano: 2016

Sinopse (Skoob):
Em A irmã da sombra, terceiro volume da série As Sete Irmãs, duas jovens igualmente determinadas, porém de séculos distintos, conectam-se por meio de diários que retratam uma vida intensa de superação, amor e perdão.
Estrela D’Aplièse está numa encruzilhada após a repentina morte do pai, o misterioso bilionário Pa Salt. Antes de morrer, ele deixou a cada uma das seis filhas adotivas uma pista sobre suas origens, porém a jovem hesita em abrir mão da segurança da sua vida atual.
Enigmática e introspectiva, ela sempre se apoiou na irmã Ceci, seguindo-a aonde quer que fosse. Agora as duas se estabelecem em Londres, mas, para Estrela, a nova residência não oferece o contato com a natureza nem a tranquilidade da casa de sua infância. Insatisfeita, ela acaba cedendo à curiosidade e decide ir atrás da pista sobre seu nascimento.
Nessa busca, uma livraria de obras raras se torna a porta de entrada para o mundo da literatura e sua conexão com Flora MacNichol, uma jovem inglesa que, cem anos antes, morou na bucólica região de Lake District e teve como grande inspiração a escritora Beatrix Potter. Cada vez mais encantada com a história de Flora, Estrela se identifica com aquela jornada de autoconhecimento e, pela primeira vez, está disposta a sair da sombra da irmã superprotetora e descobrir o amor.


Estrela D’Aplièse sempre foi a irmã calada. Poucos meses mais velha que Ceci, as duas logo desenvolveram uma relação extremamente próxima e praticamente co-dependente, onde Ceci falava o que elas queriam dizer e tomava a maior parte das decisões. Porém essa relação tem incomodado Estrela por algum tempo, e, com a morte de Pa Salt, sua insatisfação aumenta.
É assim que ela toma coragem, abre a carta que o pai deixou e pesquisa as pistas sobre sua origem. Seu interesse aumenta ao perceber que as dicas a levam a uma livraria em Londres, pois Estrela é apaixonada por livros. Mas ela demora um pouco a ir até lá.
Quando finalmente entra na livraria Arthur Morston, Estrela conhece Orlando, um cavalheiro que combinaria mais com o século XIX do que o XXI. A jovem termina assumindo um emprego na livraria antes de finalmente perguntar sobre Flora MacNichol, a mulher a quem Pa Salt disse que a origem de Estrela está ligada.
Flora viveu na Londres do início do século XX. Filha de uma família de lordes falida, não foi apresentada à sociedade, mas isso não a incomodava, pois adorava a casa da família no interior, onde podia criar os animais feridos que recolhia. Depois que sua irmã mais nova é apresentada graças a bondade da madrinha e os pais se mudam para a Escócia, Flora é enviada para viver com Alice Keppel, uma amiga da mãe e dama da sociedade.
Alice tem muita fama, não inteiramente boa, na sociedade e amizade com o próprio rei. Além disso, é boa para Flora. Até que uma morte na corte ocorre e ela precisa se mudar. Então a jovem MacNichol descobre coisas sobre seu passado que mudam sua vida completamente.
É aprendendo sobre Flora que Estrela descobre mais sobre si mesma. Trabalhando com Orlando, ela conhece também a excêntrica família Vaughan-Forbes e encontra vários outros segredos guardados. Porém um mistério permanece.

Acho que posso descrever o terceiro livro da série As Sete Irmãs como fofo. rs
Depois de sofrer bastante com a história da Ally, no volume anterior, eu me encantei mais a mais a cada página com as histórias de Flora e Estrela. Duas mulheres que tiveram que se descobrir sozinhas já adultas e tomar as rédeas de seus destinos. Flora precisou se reerguer depois de se encontrar desamparada por todos e Estrela precisou de coragem para sair da sombra da irmã Ceci.
Além das protagonistas fortes, temos o fator fofura nas pessoas de Rory e Orlando. O primeiro é um garotinho muito esperto (que se apaixona por Harry Potter!) e o segundo é um homem diferente, encantador e maluquinho.
Então temos os homens atormentados: Archie e Mouse. Archie era apaixonado por Flora, mas fez a coisa certa e se casou com outra. Mouse guarda um sofrimento profundo dentro de si e precisa superar isso para ajudar sua família.
Fora todos os personagens maravilhosos (dessa vez ambas as épocas da história me deixaram grudada no livro), tem ainda o fato de Lucinda abordar homossexualidade, depressão e epilepsia de forma completamente natural durante a obra. E o que eu achei ainda melhor: o personagem depressivo é um homem e falou sobre isso abertamente com uma das protagonistas. (É sempre bom lembrar que Depressão é uma doença série que precisa ser tratada e quem sofre dela precisa de apoio das pessoas ao seu redor.)
A minha única reclamação é: porque a Arqueiro traduziu o nome da personagem? Acho desnecessário. Não ficou ruim ou incomoda, mas como já tinha lido o primeiro volume com o nome original (Star) resisto a chama-la de Estrela. Rs
Portanto, se você ainda não conhece essa série ou a Lucinda, eu indico muito! (E – não sou de falar isso, mas lá vai – apesar de ser uma série, os livros focam em uma das irmãs e dá para ler fora da ordem sem muito prejuízo, porém há alguns spoilers dos livros anteriores nos seguintes.)

Nota: 5/5 – favorito.

Série As Sete Irmãs:
  1. As Sete Irmãs
  2. A Irmã da Tempestade
  3. A Irmã da Sombra
  4. The Pearl Sister (está sendo escrito; os demais volumes da série – serão 7 ao todo segundo o site da Lucinda – ainda não têm nomes).



Comentou? Preencha o formulário e participe do Top Comentarista de Outubro.

Nenhum comentário :

Postar um comentário