#351: Ligeiramente Escandalosos – Os Bedwyns III – Mary Balogh

, em segunda-feira, 18 de abril de 2016 ,
Bookmark and Share

Editora: Arqueiro
Páginas: 288
Ano: 2015

Sinopse (Skoob):
Freyja Bedwyn é uma mulher diferente das outras damas da alta sociedade: impetuosa e decidida, ela preza a independência e a liberdade acima de qualquer coisa até mesmo do amor.
Até que o destino lhe apresenta Joshua Moore, o marquês de Hallmare, um homem cheio de charme e mistério, dono de uma beleza estonteante e de uma reputação terrível. Quando ambos se encontram a caminho da pacata cidade de Bath, a química entre os dois é imediata.
Entre encontros e desencontros, conflitos e provocações, Joshua faz uma proposta inusitada: pede que Freyja finja ser sua noiva, para evitar que uma artimanha de sua tia o leve a se casar com a própria prima.
Para uma dupla que acha graça das convenções sociais, esta parece ser a oportunidade perfeita para se divertir. Mas a brincadeira acaba trazendo consequências inesperadas. Aos poucos, suas máscaras vão caindo e ambos se revelam pessoas bem diferentes do que aparentam.
Neste terceiro livro da série Os Bedwyns, Mary Balogh se aprofunda ainda mais nos segredos e desejos dessa família incomum e extremamente sensual.


Freyja Bedwyn foi extremamente magoada alguns anos atrás quando o homem por quem era apaixonada se casou com outra mulher. Para sua contínua mágoa as famílias são vizinhas e a esposa de Kit está prestes a ter o primeiro filho do casal. Querendo fugir desse momento, Freyja sai do casamento de Ralf e segue para Bath, ao invés de voltar para Lindsey Hall, em Hampshire.
Durante a viagem, ela passa a noite em uma estalagem e um homem invade seu quarto, fugindo de algum problema. Freyja consegue expulsá-lo, porém fica indignada. Depois de chegar a Bath, ela descobre que o intruso atrevido que ainda lhe roubou um beijo é Joshua Moore, marquês de Hallmere. Ele está em Bath visitando sua avó materna, Lady Potford, depois de cinco anos sem vê-la.
Joshua cresceu como um parente pobre na casa do tio (pelo lado paterno) marquês e saiu de lá assim que pode. Porém, com a morte precoce de seu único primo, ele passou a ser o herdeiro do título e das propriedades e veio há herdar tudo há sete meses. Apesar de ter tomado posse do título e das propriedades oficialmente e cuidar de tudo à distância, Hallmere estava evitando a todo custo voltar a Penhallow, a casa onde cresceu e que odiava.
O marquês está se divertindo em Bath, com todos os seus encontros e briguinhas com Freyja, quando é surpreendido pela chegada de Lady Moore, a marquesa de Hallmere e sua tia, e Constance, a filha mais velha dela. Joshua logo percebe que a tia tem planos para ele e fará de tudo para vê-los concluídos, pois sempre foi uma mulher dura e obstinada. A marquesa quer o sobrinho casado com Constance para manter Penhallow sob seu comando, é óbvio para Joshua.
Constance avisa ao primo que a marquesa está firme em fazê-los noivar o mais rápido possível, então, durante uma valsa em um baile, Joshua propõe a Freyja que eles noivem de mentira e acabem com os planos de Lady Moore. Ainda deprimida com uma notícia que recebera e determinada a se alegrar, Freyja aceita a proposta.
O que eles não esperaram foi que a notícia do falso noivado chegasse a Wulfric, o Duque de Bewcastle e irmão mais velho de Freyja. Quando este chega a Bath querendo explicações, o casal fica abismado e se vê cada vez mais enredado na mentira, com o noivado tomando proporções inimagináveis.

Um dos romances de época mais perfeitos que já li! Amei do início ao fim!
O jeito como Mary Balogh constrói a relação entre Freyja e Joshua gradualmente foi o ponto mais alto do livro. Eles começam como inimigos, as circunstâncias os levam a se conhecer melhor e assim eles vão descobrindo um ao outro aos poucos e se tornam amigos, passam a confiar-se e terminam por se apaixonar (não venham me dizer que isso é spoiler.).
Outro ponto alto é a grande quantidade de interações familiares. Todos os Bedwyns aparecem juntos, se apoiando mutuamente, celebrando e ajudando Freyja e Joshua a enfrentar alguns problemas criados pela marquesa de Hallmere.
Aliás, que mulherzinha chata! Só sabe criar problemas para todos ao redor, inclusive para as filhas, por quem ela não tem muito amor ou carinho a não ser que elas façam exatamente o que ela quer. E não sei como ela pariu uma menina tão doce como a Prudence.
Não posso falar muito da Prue, mas posso dizer que ela foi a personagem que mais me encantou em todo o livro e que protagoniza algumas das cenas mais lindas, ao lado do Josh.
Se me permitisse, eu teceria mil elogios a Ligeiramente Escandalosos, porém vou encerrar aqui, antes que solte algum spoiler. E digo que os livros dessa série melhoram mais e mais de um para o outro.

Nota: 5/5 ~quero dar 1000~ favoritíssimo da vida!

Série Os Bedwyn:
  1. Ligeiramente Casados
  2. Ligeiramente Maliciosos
  3. Ligeiramente Escandalosos
  4. Ligeiramente Seduzidos – lançamento de abril.
  5. Slightly Sinful – ainda não lançados
  6. Slightly Dangerous


Comentou? Preencha o formulário e participe do Top Comentarista de Abril. 

Nenhum comentário :

Postar um comentário