#344: Último Sacrifício – Vampire Academy – Richelle Mead

, em segunda-feira, 28 de março de 2016 ,
Bookmark and Share

Editora: Agir
Páginas: 530
Ano: 2013

Sinopse (Skoob):
Rose Hathaway sempre jogou com suas próprias regras. Ela quebrou as regras quando fugiu da Academia St. Vladimir com sua melhor amiga e a última princesa Dragomir sobrevivente, Lissa. Ela quebrou as regras quando se apaixonou por seu maravilhoso e fora-dos-limites instrutor, Dimitri. E ela ousou desafiar a Rainha Tatiana, a líder do mundo Moroi, arriscando sua vida e reputação para proteger futuras gerações de guardiões dampiros. Agora a lei finalmente pegou Rose por um crime que ela sequer cometeu. Ela está presa pelo mais alto crime imaginável: o assassinato de um monarca. Ela precisará da ajuda de Dimitri e Adrian para encontrar a única pessoa viva que pode atrasar sua execução e forçar a elite Moroi a reconhecer uma chocante nova candidata ao trono real: Vasilisa Dragomir. Mas o relógio está correndo contra a vida de Rose. Ela sabe em seu coração que o mundo dos mortos a quer de volta… E desta vez ela realmente não tem uma segunda chance. A grande questão é: quando sua vida é dedicada a salvar os outros, quem vai te salvar?


Quem acompanhou as demais resenhas da série (O Beijo das Sombras, Aura Negra, Tocada pelas Sombras, Promessa de Sangue e Laços de Espírito), vai lembrar que eu fiquei extremamente revoltada com o final do volume 3, tanto que dei um tempo antes de ler o 4. Sofri muito lendo ele e dei mais um tempo antes de encarar o 5. Daí li o 6 em seguida, porque não me aguentei de curiosidade para saber como tudo ia terminar e se resolver.

Antes de eu falar de Último Sacrifício, recapitulemos a base da história.
Rose Hathaway é uma guardiã aprendiza e dampira, o que quer dizer que ela é meio humana meio vampira e que sua missão na vida será proteger um Moroi depois de se formar; os Moroi são vampiros mortais e Lissa Dragomir é dessa raça, ela é a melhor amiga de Rose e é protegida por ela e por Dimitri Belikov; Dimitri é lindo, maravilhoso, perfeito instrutor de Rose na Escola São Vladimir e também é dampiro. Os dampiros e morois trabalham para manter sua parcela da sociedade vampiresca livre da ameaça dos Strigoi, vampiros imortais e sedentos de sangue que almejam destruir a monarquia Moroi e tomar o poder.

A partir daqui há spoilers dos livros anteriores.
Rose Hathaway está sendo acusada de alta traição e se encontra presa, por ironia, na mesma cela que Dimitri ocupava dias antes, logo após voltar para a corte transformado novamente em dampiro. Ela não gosta nada de estar presa, pois se sente muito claustrofóbica. E o pior é que não há nada com que se distrair.
Ela sabe que seus amigos estão frenéticos tentando conseguir ser ouvidos dizer que ela não é culpada, pois sua única forma de escapar do confinamento é entrar na cabeça de Lissa pelo laço. Quando um dia passa com ela sendo totalmente bloqueada, Rose começa a se preocupar de que eles estejam escondendo algo muito sério dela. E estão. No dia seguinte, enquanto um acontecimento importantíssimo ocorre na Corte, Abe mazur, pai de Rose, a tira da prisão às escondidas e a manda fugir com ninguém mais, ninguém menos que Dimitri.
Rose não entende bem o que está acontecendo e está revoltada por ter sido deixada completamente de fora do plano, mas segue o fluxo e logo se vê numa corrida louca por interestaduais para escapar dos dampiros que conseguiram segui-los apesar da algazarra que ficou na Corte.
Depois de algum tempo, ela e Dimitri se encontram com Sydney Sage, uma alquimista que ficou mais ou menos amiga de Rose durante sua viagem para a Sibéria. Os três vão para uma cidadezinha completamente isolada, mas Rose sabe que não pode ficar ali parada sem fazer nada, deixando todos os seus amigos se arriscarem por ela. E mais, uma carta da Rainha Tatiana com uma informação surpreendente sobre a família de Lissa dá a Rose uma nova missão para cumprir.
Ela tenta fugir de Dimitri para se arriscar sozinha por aí, porém não consegue, e termina por dividir com ele e Sydney o conteúdo da carta: Eric Dragomir, pai de Lissa, teve um filho fora do casamento. Isso significa que Lissa não é mais a única Dragomir e que, se eles conseguirem encontrar esse ou essa jovem e levar até a Corte, ela tem quórum para participar do Conselho dos Moroi.
Então, enquanto na Corte, Lissa, Christian, Adrian, Abe e Eddie procuram por pistas e provas que inocentem Rose e o levem ao real culpado da alta traição, Rose, Dimitri e Sydney vão em busca do Dragomir perdido. O que os leva a encontrar com strigoi propositalmente, a um acampamento de vampiros que vivem fora da civilização e a se reunir novamente com Victor e Robert Dashkov.

Sabem todo o sofrimento pelo que passei com os volumes anteriores? Valeu muito a pena para chegar nessa conclusão maravilhosa, empolgante e totalmente envolvente! Foi um dia e meio lendo, mais ou menos, porque eu não queria nem conseguia largar o livro para fazer muita coisa.
E gente, sério, Richelle Mead é uma gênia! Eu amo essa mulher. Quer dizer, eu odeio ela, mas eu amo também. Dá para entender? rsrs
O jeito como ela resolveu todos os problemas que criou, as reviravoltas que aconteceram e o gancho que ela já deixou para a série spin-off Bloodlines (começa com Laços do Sangue e foi toda lançada pela editora Seguinte no Brasil) me deixaram extasiada e impressionada.
Nem vou entrar em detalhes sobre cada personagem, porque é melhor que vocês leiam e se deixem levar por todas as emoções e mudanças de curso.
Vampire Academy é a MELHOR série de vampiros que já li na vida! E há de se comentar que eu comecei mesmo estando saturada de vampiros na minha vida literária. Então vão ler ela já! Vocês não vão se arrepender!

Nota: 5/5 – favoritíssimo!

Série Vampire Academy:
Último Sacrifício

Comentou? Preencha o formulário e participe do Top Comentarista de Março. 

Nenhum comentário :

Postar um comentário