#310: O Chamado do Cuco – Cormoran Strike #I – Robert Galbraith

, em sexta-feira, 28 de agosto de 2015 ,
Bookmark and Share

Editora: Rocco
Páginas: 447
Ano: 2013

Sinopse (Skoob):
Quando uma modelo problemática cai para a morte de uma varanda coberta de neve, presume-se que ela tenha cometido suicídio. No entanto, seu irmão tem suas dúvidas e decide chamar o detetive particular Cormoran Strike para investigar o caso.
Strike é um veterano de guerra, ferido física e psicologicamente, e sua vida está em desordem. O caso lhe garante uma sobrevida financeira, mas tem um custo pessoal: quanto mais ele mergulha no mundo complexo da jovem modelo, mais sombrias ficam as coisas e mais perto do perigo ele chega.
Um emocionante mistério mergulhado na atmosfera de Londres, das abafadas ruas de Mayfair e bares clandestinos do East End para a agitação do Soho. O chamado do Cuco é um livro maravilhoso. Apresentando Cormoran Strike, este é um romance policial clássico na tradição de P.D. James e Ruth Rendell, e marca o início de uma série única de mistérios.


Cormoran Strike está com problemas. Ex-militar, com um grave ferimento físico e cicatrizes emocionais gigantescas, ele passou a trabalhar como detetive particular. Porém seu escritório não tem recebido muitos casos, o que significa que ele está muito endividado. A vida pessoal também não anda bem; recém separado, ele saiu de casa e passou a viver no escritório.
Tendo esquecido de ligar para a agência que lhe enviava secretárias temporárias, ele se espanta quando se vê cara a cara com Robin Ellacott. Ela é uma jovem que recém se mudou para Londres e tem feito vários trabalhos temporários enquanto faz entrevistas para um emprego bom e fixo. E está secretamente animada de trabalhar com um detetive, pois sempre gostou da aura de mistério que envolve o que ela pensa da profissão.
Strike pensa em dispensá-la logo de cara, porém um cliente promissor chega. John Bristow procura Cormoran por lembrar que ele era amigo de seu irmão mais velho quando criança, e o contrata para investigar a morte de sua irmã adotiva, Lula Landry, já que não acredita que ela se suicidou, o que foi a conclusão da polícia após uma investigação rápida.
O detetive aceita o caso, apesar de não acreditar que vá dar em alguma coisa. Ele mantém Robin no emprego também, apenas porque a agência de temporários já estava paga, a princípio.
Usando de contatos na polícia, Cormoran tem acesso ao dossiê do caso e começa a fazer suas próprias entrevistas com os envolvidos. Ele também recebe uma valiosa ajuda de Robin, que faz várias pesquisas na internet e discute os fatos com ele, trazendo uma nova visão e outros pontos de vista.

Não há dúvidas de que o livro é muito bem escrito, afinal é JK. Mas, para o meu gosto, o livro tem a narrativa um pouco lenta, principalmente no início, o que fez a leitura demorar a fluir.
Cormoran poderia ser um personagem chato, pois é uma pessoa realista ao extremo, inclinada ao pessimismo, e sua vida não está nada boa, porém ele segue em frente, segura a onda e faz o que é preciso. E muda ao longo do livro, passa a lidar melhor com seus problemas e com as pessoas ao seu redor.
Robin é alegre, positiva e discretíssima. Ela, com seu jeito tranquilo, ajuda o chefe a seguir com a vida. E secretamente anseia continuar trabalhando para ele.
Como eu disse, o livro se arrasta por quase metade da narrativa, mas depois que as coisas finalmente começam a acontecer e começamos a desvendar mistérios e mais mistérios acerca de Lula, as coisas vão ficando mais interessantes. O final me surpreendeu, pois nunca imaginei o desfecho que veio.
Não fiquei muito ansiosa para ler o próximo, mas quero saber o que vai acontecer com o Cormoran e a Robin daqui em diante.

Nota: 4/5.

Série Cormoran Strike:
  1. O Chamado do Cuco
  2. O Bicho da Seda
  3. Career of Evil – ainda não lançado no Brasil.




Escolha da Gi no GBC de dezembro.

Comentou? Preencha o formulário e participe do Top Comentarista de Agosto.

Nenhum comentário :

Postar um comentário