#304: Dragões de Éter 2 – Corações de Neve – Raphael Draccon

, em quarta-feira, 22 de julho de 2015 ,
Bookmark and Share

Editora: Leya
Páginas: 496
Ano: 2009

Sinopse (Skoob):
Nova Ether é um mundo protegido por poderosos avatares em forma de fadas-amazonas. Um dia, porém, cansadas das falhas dos seres racionais, algumas delas se voltaram contra as antigas raças. E assim nasceu a Era Antiga. Hoje, Arzallum, o Maior dos Reinos, tem um novo rei, e a esperada Era Nova se inicia.
Entretanto, coisas estranhas continuam a acontecer... Uma adolescente desenvolve uma iniciação mística proibida, despertando dons extraordinários que tocam nos dois lados da vida. Dois irmãos descobrem uma ligação de família com antigos laços de magia negra, que lhes são cobrados. Duas antigas sociedades secretas que deveriam estar exterminadas renascem como uma única, extremamente furiosa.
Após duas décadas preso e prestes a completar 40 anos, um ex-prisioneiro reconhecido mundialmente pelas ideias de rebeldia e divisão justa dos bens roubados de ricos entre pobres é libertado, desenterrando velhas feridas, ressentimentos entre monarcas e canções de guerra perigosas. O último príncipe de Arzallum resgata sombrios segredos familiares e enfrenta o torneio de pugilismo mais famoso do mundo, despertando na jornada poderosas forças malignas e benignas além de seu controle e compreensão.
E a tecnologia do Oriente chega de maneira devastadora ao Grande Paço, dando início a um processo que irá unir magia e ciência, modificando todo o conhecimento científico que o Ocidente imaginava possuir.
E o mundo mudará. Mais uma vez.


Pode conter spoilers do primeiro livro.

Axel Branford, segundo príncipe de Arzallum, está pronto para participar do Punho de Ferro, o maior torneio de pugilismo de Nova Ether, que reúne um representante de cada reino.
Ao mesmo tempo que as comitivas dos vários reinos chegam para o torneio, seus líderes estão se reunindo em Arzallum para a coroação do novo rei. E todos têm uma surpresa muito grande e totalmente inesperada quando um navio de metal chega no Grande Passo pelo ar.
Os visitantes surpresa são os gnomos de Ofir, um reino do oriente que é muito mais avançado tecnologicamente. E eles trazem um curioso lutador para o torneio. Além de propostas de negócios para o novo rei de Arzallum.
Já João Hanson tem problemas com o pai. O jovem descobre algumas coisas que o deixam magoado e intrigado. Enquanto isso, Ariane Narin, sua grande amiga, continua desenvolvendo certas habilidades interessantes e potencialmente perigosas.
E na área mais depredada da cidade, dois jovens moradores de rua começam a recrutar crianças órfãs e abandonadas para uma missão secreta e muito importante.

Para quem não sabe, o narrador da trilogia Dragões de Éter é onisciente e gosta de dar sua própria opinião em alguns momentos, falando diretamente com o leitor. No primeiro livro isso me incomodou, pois ele foi muito intrometido e me distraia. Mas nesse, ele melhorou bastante a ponto de eu não percebê-lo na maior parte da história.
E por falar na história, teve muitas cenas fodas! O Punho de Ferro e o Tribunal de Arthur em destaque maior. E quantos plot twits no fim! Isso tudo me deixou ligada e lendo praticamente sem parar. Ou seja, gostei muito mais do livro 2 do que do 1.
Das várias micro-histórias, apenas uma não me entreteve muito e, por sorte minha, é a que tem menos destaque. Já meus personagens preferidos – Axel, Maria, João e Ariane – continuaram em destaque. Alguns fizeram umas besteiras que não me agradaram muito, porém no geral, continuam como preferidos.
A salada de contos de fadas continua grande, dessa vez sendo inseridos Robin Hood e Rumpelstiltskin e um pouco da cultura oriental, como os preceitos das artes-marciais. Agora, logo lerei o último livro para ver se eu me agrado com o fim dessa salada.

Nota: 5/5.

Trilogia Dragões de Éter:
Corações de Neve
Círculos de Chuva



Escolha da Gi para o GBC de Julho.

Comentou? Preencha o formulário e participe do Top Comentarista de Julho.

Nenhum comentário :

Postar um comentário