#302: Lázarus – Georgette Silen

, em sexta-feira, 17 de julho de 2015 ,
Bookmark and Share

Editora: Novo Século
Páginas: 376
Ano: 2010

Sinopse (Skoob):
Mistério, romance, alta tecnologia, sangue e morte passam a cercar a vida de Laura Vargas, museóloga brasileira, após ela aceitar um surpreendente e inesperado convite para assumir o cargo de curadora de arte no The City Museum of Art and Gallery, em Bristol, sudoeste da Inglaterra, a cidade natal da família de seu pai. Disposta a começar uma nova vida ao lado da filha adolescente, Cinthia, Laura se surpreende ao descobrir que nem todos são aquilo que aparentam ser e que a eternidade é muito mais do que um conceito, ou uma simples palavra, quando ela encontra o Lázarus e recebe dele o seu “dom”. Agora, Laura precisa fugir de seus perseguidores, interessados em obter a “cura” milagrosa para todos os males, o dom ofertado pela misteriosa criatura lendária, e que se concentra em seu sangue.


Laura Vargas é viúva e mãe solteira de uma adolescente, Cinthia. Além disso, ela é museóloga e recebe um convite interessantíssimo para trabalhar em um museu importante da Inglaterra. Com raízes familiares tanto no Brasil como no Reino Unido, e nenhuma oferta tão tentadora em terras brasileiras, ela e a filha fazem as malas e se mudam para Bristol.
A chefe de Laura é Clementine Fevré, uma mulher austera e belíssima, com um irmão ainda mais bonito, Robert. No começo, o tratamento entre ambas é muito formal, mas Laura vai minando a resistência de Clementine com seu ótimo trabalho. E com sua relação cada vez mais próxima com Robert. Porém, a família Fevré guarda um segredo que vai mudar radicalmente a vida de Laura.
Fora todas as novidades na vida em Bristol, há a reconexão com Jeannete Carter e sua família. Jean trabalhou para a avó de Laura, desde que o pai desta era um bebê, então é como uma segunda mãe para ela e Laura tem um carinho enorme por seu marido, Ben, e pelos filhos dela, David e Georgiana. Então, morar em Bristol é como voltar para casa, com Jean cuidando delas.
Quando a vida de Laura muda e as pessoas que ama ficam ameaçadas de sofrimentos profundos e até de morte, ela precisa decidir se fica ou se some no mundo.

Lázarus é um livro de urban fantasy e eu gostei bastante. Mas estou me roendo de curiosidade por uma continuação, porque o final é inaceitável! Preciso de mais!
Georgette escreve muito bem e criou personagens bastante interessantes. Nenhum deles é cheio de mimimi, mas também não são exageradamente fodões. Tanto homens quanto mulheres sofrem, são fortes e sabem se defender e a quem amam na mesma medida.
Tem fantasia, romance, intriga, segredos, felicidade e sofrimento, ou seja, é um livro denso. E a história é bem redondinha. Mesmo eu querendo muito a continuação, tenho que aceitar que um ciclo se fechou dentro da narrativa.
Me surpreendi positivamente com esse livro, pois lendo a sinopse e a orelha, eu não me sentia muito atraída para lê-lo, tanto que ele estava morando na estante já há uns três anos, ou mais.
Indico para quem gosta de fantasia, pois este é o ingrediente base de Lázarus.

Nota: 4,5/5.

Saga Lázarus:
Lázarus
Panaceia



Escolha da Sandra para o GBC de maio de 2014.

Comentou? Preencha o formulário e participe do Top Comentarista de Julho.

Nenhum comentário :

Postar um comentário