Colorindo #01

, em sábado, 2 de maio de 2015 ,
Bookmark and Share

Todo primeiro sábado do mês, vou mostrar o que já colori nos livros de antiestresse. Será via fotos, pois acredito ser mais fácil de visualizar dessa forma, e assim eu postarei foto do desenho em branco e do produto final.

Hoje só tem imagens de Jardim Secreto, da Johanna Basford.

Não estou colorindo na ordem das páginas, eu escolho a imagem que dá mais vontade no momento e fico nela até terminar. Tem algumas que completei em um dia, outras levaram mais tempo.

A primeira foi a casa da árvore que está quase no fim do livro. Comecei pelos detalhes da casinha e a última coisa que colori foram as milhares de folhinhas miudinhas.



Então eu resolvi colorir pelo menos a página do "este livro pertence a", já que não pintei nem a primeira folha. rsrs



Depois peguei um desenho mais simples que tem uma flor grande e borboletas ao redor.



A borboleta azul e rosa foi colorida quase toda com cores neon, mas não gosto muito da textura dos lápis neon, apesar de as cores serem interessantes.


Como eu tinha comprado a caixa de lápis metálicos da Faber, resolvi colorir a mandala dos beija-flores. Os pássaros foram coloridos com todos os tons de metálicos que eu tinha disponíveis. Só o bico é de lápis normal. 




É o meu desenho preferido até o momento.



Daí eu queria fazer de uma das páginas um arco-íris e escolhi a que tinha várias flores diferentes distribuídas em círculos umas ao redor das outras - mais ou menos - só que na empolgação contei a quantidade errado e eram 8 tipos ao invés de 7, para resolver o impasse - já tinha começado a colorir segundo a ideia original quando percebi meu erro - a flor entre o amarelo e o laranja usou uma mistura de ambas as cores. 




Usei todos os lápis de cada tonalidade que eu tinha.



Já estou com ideias sobre o próximo a fazer, mas ainda não vou dizer qual é.

E aqui estão todos os meus lápis de cor:



Muitas caixas de lápis sem efeito, né? Mas é que o tom dos lápis as vezes muda de marca para marca, tipo o vermelho aberto: o da Faber é fraquinho, já o da Maped (Colorpeps), o da Bic e o da Cromus são bem mais vivos.

E uma dica muito legal: coloquem uma prancheta abaixo da folha que vão colorir, assim o papel fica mais firme e as páginas não ficam muito machucadas, já que as folhas são bem macias. Além disso, a firmeza ajuda a cor do lápis a sair sem tanto esforço e colore melhor.


video

¬¬' Esqueci que a câmera do celular só filma numa posição...

Comentou? Preencha o formulário e participe do Top Comentarista de Maio.

Nenhum comentário :

Postar um comentário