Café dos Cole #11: Poesias - parte I

, em domingo, 3 de maio de 2015 ,
Bookmark and Share

Desenterrando uma coluna há muito esquecida...

Essa semana sonhei com uma amiga e isso me inspirou a publicar uma coisa. Lembram que aqui eu disse que ia publicar obras minhas no Wattpad? Pois é.
A amiga em questão é a Salma Suellen e eu a conheci há quase 10 anos atrás (Segundo ano do ensino médio - nossa! 10 anos... Estou ficando velha... Ops, mais experiente. Kkk), quando mudei de colégio. Ela escrevia poesias lindas que me inspiraram a me aventurar em um estilo de escrita do qual não gosto muito.
Eu escrevi bastante versos na época - depois de terminar a escola parei com eles e fiquei só nas narrativas - e já pensei algumas vezes em publicar as melhores, porque é a única obra que está realmente pronta. Agora estou realmente preparada eu acho e comecei a publicá-las sob o título de A gente aprende... E outas poesias.
Porém, algumas das poesias escrevi inspirada em personagens de mangá e livros e essas eu não vou incluir no livro, mas vou postar aqui. Nos próximos cinco domingos, vocês lerão o que o amor por ler me fez escrever.

Começo com a poesia que escrevi inspirada em Kyoya Ootori, meu personagem preferido (sou periguete literária até lendo mangá ;P) de Ouran. (Não sei se vocês conhecem o mangá, mas dá para assistir o anime aqui.)

K.O.

Frio...
Olhos calculistas
Um sorriso malicioso nos lábios
Rosto envolto em mistério e pensamentos

Atitude austera
Porte elegante e altivo
Um caminhar quase arrogante
Mãos que anotam tudo

Numa primeira olhada...
Coração de pedra, alma gelada
Quando se conhece...
Dignidade e honestidade
Um coração sensível
Aberto aos amigos

O distante que mais se envolve
Aquele que se beneficia
Com o bem dos outros...

Preservando relações vantajosas
Ele aquece o próprio coração...
Calculando os lucros
Mantém a felicidade dos amigos...
Sendo reservado e tranquilo
Controla os desvairados...
Agindo conforme sua natureza
Ele é ele mesmo...
Quente...

Comentou? Preencha o formulário e participe do Top Comentarista de Maio.

Nenhum comentário :

Postar um comentário