#269: Riquezas Ocultas - Nora Roberts

, em quarta-feira, 12 de novembro de 2014 ,
Bookmark and Share



Editora: Bertrand Brasil

Páginas: 518

Ano: 2013



Sinopse (Skoob):

Dora Conroy é dona de um antiquário da Filadélfia e comprou uma série de itens curiosos num leilão na Virgínia – objetos que ela própria considerou novidades para sua loja. Enquanto isso, do outro lado do país, o contrabandista Edmund Finley descobre que o pacote que recebeu contém, na verdade, objetos sem valor algum. Disposto a recuperar o que lhe foi, de algum jeito, roubado, o bandido fará de tudo para encontrar quem está de posse das relíquias ocultas. Segundo ele, com certeza, esta pessoa não sairá viva.

Quando Dora e seu misterioso vizinho, o ex-policial Jed Skimmerhorn, começam a investigar os diversos roubos e mortes que cercam os itens arrematados no leilão, descobrem que tesouros preciosos são mascarados em peças vagabundas, de pouco valor.

A criatividade de Nora Roberts não tem limites: ela mergulha no exótico e decadente mundo das antiguidades e traz à tona uma história em que a posse é uma obsessão letal, e um simples e mínimo erro pode levar a uma série de assassinatos violentos.




Jed Skimmerhorn estava a procurava de um lugar para morar. Depois de uma tragédia que atingiu sua família, ele se afastou de seu trabalho na polícia e precisava sair da casa que odiava por ter tantas lembranças ruins.

Isadora Conroy é dona de uma loja de antiguidades e mora num dos apartamentos que ficam no segundo piso do prédio. O outro apartamento está disponível para aluguel, mas ela não tem como atender possíveis inquilinos pois precisa viajar para comprar mais mercadorias, então ela encarrega seu pai de fazer as entrevistas.

Quentin Conroy é um ator veterano, diretor e fã de teatro, e ama os filhos – Ophelia, Dora e Will – imensamente. Como ele quer ver todos felizes, tenta dar uma de cupido entre Dora e Jed, já que ele acha o homem taciturnamente intrigante e acredita que isso será perfeito para sua filha independente.

Enquanto Dora está às voltas com a arrumação de seu estoque para a temporada de compras de Natal e com um vizinho que ela não acha nada perfeito, a despeito da opinião de seu pai, no outro lado do país, Edmund Finley quer saber quem fez a burrada de perder suas peças de arte “especiais” e o fez receber bugigangas.

Edmund não quer saber o quanto custará, ele quer suas peças de volta antes do Natal, não importa se alguém tiver que morrer para isso – ainda melhor – e quem vai viajar o país atrás de informações e peças. Ele intima Anthony DiCarlo a resolver o problema a qualquer custo.

Dora não suspeita que algumas das peças bobas que comprou no leilão podem ser as tais peças “especiais” de Finley, até que algumas pessoas que compraram peças do mesmo lote morrem ou sofrem ataques violentos. E tudo fica mais grave quando sua própria loja e apartamento são invadidos e vasculhados.

Jed termina se vendo envolvido pela vizinha excêntrica que adora colecionar bugigangas de todo tipo e termina por se preocupar com ela e mexer os pauzinhos para investigar o motivo das invasões.



Riquezas Ocultas é um dos mais recentes suspenses românticos da Nora lançados no Brasil e outro dos excelentes livros individuais dela.

Jed é um cara torturado por um acontecimento recente que destruiu sua família e pelo qual ele se culpa, que só quer se distanciar de tudo e todos. Dora é segura de si, adora o que faz e tem uma família maravilhosa e excêntrica.

Aliás, as participações da família Conroy são uma diversão a parte. Quentin e Trixie, os pais, são atores veteranos completamente idiossincráticos; Ophelia é a filha normal, que formou a família dos sonhos; e Will é um jovem ator galã. Outros coadjuvantes que chamam atenção são a avó de Jed, muito sábia, e o ex-parceiro dele que, junto da esposa, sabe – e espera – que o amigo esteja passando apenas por uma fase a ser logo superada.

O núcleo dos vilões é muito bem esquematizado e Edmund Finley é o tipo de homem elegante e charmoso a níveis assustadores. A minha impressão dele é que ele é cavalheirescamente inescrupuloso. Como o homem poderoso que é, ele não mede consequências para ter o que quer.

O livro me deixou ligada o tempo inteiro, pois apesar de já saber quem era o vilão, eu não sabia o que aconteceria a seguir, quem seria atacado, como descobririam e provariam que ele era o culpado e tal. E eu lia sem conseguir parar.

Dúvidas de que indico? Nenhuma!



Nota: 5/5 – favorito!

Comentou? Preencha o formulário e participe do Top Comentarista de Novembro.

Nenhum comentário :

Postar um comentário