Fall Season 2014/15

, em sexta-feira, 10 de outubro de 2014 ,
Bookmark and Share

Tem uns 2 ou 3 anos que eu comecei a acompanhar os lançamentos  do ano na TV americana, principalmente os da fall season - o período que vai de setembro a março.

Não sou como o Pedro e o Vinicius que assistem praticamente todos os pilotos que saem, mas eu assisto vários. Comumente dispenso as comédias e os dramas mais pesados, já que o meu estilo preferido são os procedurals policiais. Tem algumas que eu já abandono no piloto, outras eu dou uma chance e assisto até cansar e outras ainda me conquistam logo de cara.

Tem dois pontos chaves para uma série me conquistar: os personagens me ganharem ou a história me conquistar. Quando as duas coisas acontecem logo de cara, é sinal que provavelmente não vou largar a série tão cedo.

Não sei quantos seriados já estrearam na fall 14/15, mas eu assisti 9 pilotos até agora - na verdade, já passei dos pilotos das séries que me conquistaram e vou falar um pouco do que achei de cada uma.



O piloto vazou há tempos e eu assisti logo que saiu e confesso que já nem lembro bem o que aconteceu, só sei que já tinha gostado do Barry Allen quando ele foi apresentado em Arrow e acredito que a série promete. Até porque os seriados baseados em quadrinhos estão bonbando.
Só com o piloto não houve tempo de todos os personagens me conquistarem, mas o Barry e a história me pegaram, então essa está oficial e irremediavelmente na minha grade.



Outra que o piloto vazou. Essa é uma comédia romântica e não é exatamente o meu gênero, porém os personagens são legais e o piloto foi bonitinho, então não entrou na grade ainda, pois está sob avaliação até que eu assista novos episódios e resolva se sigo com ela ou não.
Apesar de eu ter gostado do casal central, Zelda e Andrew, os amigos deles, principalmente o dele, me incomodaram um pouco e isso pode pesar contra eu continuar assistindo.



Aqui temos uma série investigativa com muita comédia no meio. Ou pelo menos foi assim que senti o piloto. E não sei se a série vai durar, mas pus na grade temporariamente.
Laura é uma detetive com um ex-marido que não quer o divórcio e dois filhos mega pestes.
A parte investigativa da série foi bem fraca, mas o apelo familiar me fez querer assistir o segundo episódio, mas sem pressa.



O ator principal é o Mr. Fantástico, do Quarteto Fantástico, e só isso me fez querer ver o piloto. Quando li a sinopse fiquei ainda mais interessada. O cara já morreu sei lá quantas vezes e volta toda vez, essa circunstância o manteve vivo por 200 anos. Depois de tantos anos Henry Morgan resolveu que o melhor é trabalhar como médico legista já que ele se tornou um estudioso da morte.
Depois de 3 episódios declaro que Forever entrou no meu top de melhores estreias da fall e espero muito que a história não se perca e a série tenha vida longa.



Com o mote de um grupo de gênios resolvendo crises graves, eu tinha que conferir! E fui fisgada na hora! Eu gosto de séries que abordam situações como autismo, genialidade e tal e Scorpion tem quatro gênios adultos que precisam desesperadamente de alguém normal que os ajude a lidar com o mundo, e um pequeno gênio cuja mãe precisa de ajuda para lidar com ele.
Walter, Toby, Sylvester e Happy são divertidos e encantadores e eu espero que essa série também tenha vida longa, pois foram os personagens que mais me conquistaram até agora. Também está no meu top de melhores estreias.



Como era a vida na cidade do Batman quando ele era criança? É isso que a série vai responder. E também vai contar a vida do detetive Jim Gordom antes de ele progredir a comissário e se tornar um forte opositor do morcegão.
Dou nota 10 para quem escolheu o ator que faz o jovem Pinguim, o cara realmente parece um pinguim e tem aquele olhar de sociopata maluco, sabem? Perfeito para o papel.
Estou super curiosa para ver os próximos vilões. A Erva Venenosa aparece no piloto, mas muito pouco. E a Cat tem as habilidades de um gato, o que me agradou muito também.
Escrevendo o post me veio a pergunta: será que conheceremos o pequeno Robin?
Gotham também entrou no meu top de melhores estreias.



Essa me deixou curiosa, mas não sei se vai durar, nem na minha grade, nem no EUA.
Os investigadores principais são Jack e Beth e a função deles é pegar stalkers que se tornam perigosos para as vítimas de perseguição.
Beth foi vítima de um stalker antes e isso com certeza ajuda na sua atividade. Jack é um stalker e eu não sei como a situação vai se sustentar assim, pois acredito que logo alguém na unidade vai descobrir. Os outros investigadores apareceram muito pouco para eu formar uma opinião sobre eles.



A estreia da temporada para os fãs da Shonda Rhimes. Para mim, a história é bem interessante, mas eu não curti muito os personagens apesar de ter gostado de algumas atitudes de alguns deles. Como é um dramão jurídico, eu resolvi não colocá-la na grade. Talvez, com a continuidade e os comentários eu veja mais alguma coisa, mas acho um pouco difícil.



Assisti essa porque já assisto e adoro as originárias NCIS e NCIS Los Angeles. Os personagens são legais e eu estou bem curiosa sobre a vida pessoal do chefe do escritório, pois sei que tem um mistério aí. Mas o que realmente me fez colocar e mantê-la na minha grade foi o fato de estar conectada com NCIS e de ser um clássico do meu estilo de séries preferido.

Fazendo um balanço, já adicionei 5 séries à minha grade já cheia, tem 3 sobre as quais estou em dúvida e 1 que eu já excluí. Ainda faltam várias estreias, porém é tanta série que eu não sei mais o que ainda vem e o que foi adiado.

Vocês assistiram alguma dessas? Gostaram? Querem assistir?

(Querem ver alguma série aqui no Cole, peçam!)

Comentou? Preencha o formulário e participe do Top Comentarista de Outubro.

Nenhum comentário :

Postar um comentário