#259: Um Perfeito Cavalheiro – Os Bridgertons #3 – Julia Quinn

, em sábado, 23 de agosto de 2014 ,
Bookmark and Share

Editora: Arqueiro
Páginas: 304
Ano: 2014

Sinopse (Skoob):
Sophie sempre quis ir a um evento da sociedade londrina. Mas esse é um sonho impossível. Apesar de ser filha de um conde, é fruto de uma relação ilegítima e foi relegada ao papel de criada pela madrasta assim que o pai morreu. Uma noite, ela consegue entrar às escondidas no baile de máscaras de Lady Bridgerton. Lá, conhece o charmoso Benedict, filho da anfitriã, e se sente parte da realeza. No mesmo instante, uma faísca se acende entre eles. Infelizmente, o encantamento tem hora para acabar. À meia-noite, Sophie tem que sair correndo da festa e não revela sua identidade a Benedict. No dia seguinte, enquanto ele procura sua dama misteriosa por toda a cidade, Sophie é expulsa de casa pela madrasta e precisa deixar Londres. O destino faz com que os dois só se reencontrem três anos depois, Benedict a salva das garras de um bêbado violento, mas, para decepção de Sophie, não a reconhece nos trajes de criada. No entanto, logo se apaixona por ela de novo. Como é inaceitável que um homem de sua posição se case com uma serviçal, ele lhe propõe que seja sua amante, o que para Sophie é inconcebível. Agora os dois precisarão lutar contra o que sentem um pelo outro ou reconsiderar as próprias crenças para terem a chance de viver um amor de conto de fadas. Nesta deliciosa releitura de Cinderela, Julia Quinn comprova mais uma vez seu talento como escritora romântica. 


Sophie Beckett soube que era a filha bastarda de um conde desde pequena. Ela foi acolhida pelo conde em sua casa de campo e cresceu e foi educada lá, todos os empregados sabiam de sua condição e o conde nunca a assumiu. Tudo ia bem, na medida do possível, até que o conde se casou com Araminta, uma mulher gananciosa que já tinha duas filhas, Rosamund e Posy.
Depois da morte do conde, Araminta – que já não suportava Sophie – a transforma em uma empregada da casa. Uma verdadeira faz tudo, que sofre bastante com todas as suas tarefas. E a expulsa do único lar que a jovem conheceu depois de descobrir que ela foi a um baile de máscaras escondida.
Sozinha, sem dinheiro e sem ter a quem recorrer, Sophie busca emprego em outras casas de família e gosta do casal que a contrata como arrumadeira até que o filho deles tenta abusar dela na companhia de alguns amigos. Então ela é salva por Benedict Bridgerton, o homem com quem dançou na única noite em que se portou como uma dama da sociedade, o homem por quem ela nutre sentimentos secretos que nunca poderá expressar.
Benedict sabe que logo terá que escolher uma esposa, mas desde um bendito baile de máscaras ele só pensa na dama de prateado com quem dançou. Uma jovem inexperiente e inocente, mas que sabia exatamente quem ele era e não o reconheceu como apenas “um dos Bridgertons”.
Como cavalheiro que foi educado a ser, depois de salvar Sophie, Benedict resolve guardá-la sob sua proteção e leva-la para a casa da mãe, para que Violet lhe arranje um emprego. Porém ele adoece e eles precisam passar alguns dias no seu chalé no campo, onde ele termina se aproximando e se encantando por Sophie cada vez mais. Então ele faz uma proposta a ela que Sophie não pode aceitar, mas à qual é muito difícil resistir.
Onde eles vão parar é preciso ler para descobrir.

A série Os Bridgertons é a minha preferida dentre as atuais séries históricas da Arqueiro e esse é mais um livro maravilhoso dela! Não é o meu preferido dentre os três que já li – meu coração ainda é mais do Anthony que do Benedict -, mas adorei! Principalmente porque, fora o casal, a Violet – a matriarca – participa mais e faz uma coisa no fim que simplesmente se tornou a minha pessoa preferida da família Bridgerton. Sou super fã da Violet.
Dentre os irmãos, são as meninas não casadas, Eloise e Hyacint, que aparecem mais, junto de Colin. E para fechar o livro com chave de ouro, há uma matéria da Lady Whistledown no final que me deixou quase certa de que sei quem ela é. Estou louca pelo livro do Colin que já comprei, só falta chegar para saber se finalmente descobriremos quem ela é e se estou certa. Se alguém já leu e sabe as respostas NÃO ME CONTE! Kkkk
Sou só elogios para Julia Quinn e seu modo de escrever e construir personagens. Então quem gosta de romances precisa ler a série para ontem!

Nota: 5/5 – favorito!

Série Os Bridgertons:
  1. O Duque e Eu
  2. O Visconde que Me Amava
  3. Um Perfeito Cavalheiro
  4. Os Segredos de Colin Bridgerton
  5. Para Sir Philip, com amor ~ daqui em diante, não lançados no Brasil; títulos provisórios
  6. O Conde Enfeitiçado
  7. Um Beijo Inesquecível
  8. A Caminho do Altar


Nenhum comentário :

Postar um comentário