#232: A Terra das Sombras – A Mediadora 1 – Meg Cabot

, em segunda-feira, 17 de março de 2014 ,
Bookmark and Share

Editora: Galera Record
Páginas: 288
Ano: 2004

Sinopse (Skoob):
Suzannah é uma adolescente aparentemente comum que tem um problema com construções antigas. Não é para menos. Afinal, muitas dessas casas velhas são assombradas. E Suzannah é uma mediadora, uma pessoa capaz de ver e falar com fantasmas para ajudá-los a descansar em paz. É claro que esse dom lhe traz muitos problemas. Mas nem ela poderia saber a gravidade do que encontraria ao mudar-se para Califórnia. 


Suzannah Simmos morou em Nova York toda sua vida, até que a mãe casou com Andy Ackerman e elas tiveram que se mudar para Carmel – Califórnia. Suze não se incomodou com a mudança, pois sua mãe estava obviamente feliz e ela gostava de ver a mãe assim.
O problema é que sua casa nova e o colégio novo tinham, ambos, mais de cem anos de construídos. Porque isso era um problema? Porque prédios antigos assim muito dificilmente não tinham fantasmas. E Suze sempre encontrava com eles e precisava resolver seus problemas para que eles pudessem seguir com sua vida no além, afinal ela é uma mediadora.
A casa é linda, uma construção em estilo espanhol de dois andares com um deque e uma varanda acrescentados por Andy, que serviu de estalagem há mais de cem anos, quando estava recém-construída.
Vocês podem pensar que a casa é grande demais, mas Andy tem três filhos de seu casamento anterior: Soneca Jake, Dunga Brad e Mestre David. Jake é o mais velho, todo calado, parece estar sempre desligado; Brad tem a mesma idade que Suze, é um esportista grandalhão; David é o mais novo e mais inteligente dos três, um pequeno cientista, muito observador.
É David quem diz que Suze ficou com o melhor quarto da casa, um quarto de canto com uma grande janela virada para o mar. Há um banco nessa janela... Que está ocupado por um fantasma. Suze não quer acreditar na situação. Tem um fantasma residindo em seu novo quarto. Um jovem moreno, latino, com roupas de aproximadamente cem anos atrás, cabelos encaracolados e olhos negros. Assim que fica só no quarto, Suze dá um passa fora em Jesse e ele some.
No dia seguinte, as aulas começam no colégio da Missão, a escola é católica e tem séculos de idade, mas – surpreendentemente – não há fantasmas. Quando Suze conhece o diretor, Padre Dominic, ela entende porque: ele também é um mediador.
A escola é muito concorrida, uma das melhores da região, e Suze quase não pode ser matriculada, porém surgiu uma vaga de última hora. O que sua mãe não contou é que a vaga surgiu por causa da morte de uma aluna, Heather. Quando Suze descobre fica bem irritada, principalmente depois de descobrir que usará o mesmo armário que a garota morta, quer dizer, se ela deixar. Afinal, não seria a vida normal de Suze se Heather não estivesse assombrando a escola e muito furiosa com Suze por estar usurpando seu lugar.
A mudança para a Califórnia foi ótima para a mãe de Suze, mas nem tanto para a garota, já que agora ela precisa lidar com dois fantasmas, o charmoso Jesse e a irada Heather, que – por sinal – quer acabar com Suze.

A Terra das Sombras é um livro bastante divertido sobre uma jovem normal que se mete em muitos problemas por ter o dom de ver fantasmas.
Suze é daquelas protagonistas que não leva desaforos para casa, além de ser leal e protetora com a família e muito obstinada quando a situação fica complicada. Jesse é o fantasma mais gostoso da eternidade (piriguete literária mode on), também é carinhoso e zeloso.
Os demais personagens: a família de Suze, o padre Dom, e os alunos da Missão têm participações significativas na medida certa. Eu particularmente adoro o David.
O livro é um dos melhores juvenis que já li e figura na minha lista dos mais preferidos entre os preferidos. Ter relido agora, depois de anos da primeira vez, não mudou minha visão e gosto pela história.
Sem dúvidas de que indico!

Nota: 5/5 – favorito!

Série A Mediadora:
  1. A Terra das Sombras
  2. O Arcano Nove
  3. Reunião
  4. A Hora mais Sombria
  5. Assombrado
  6. Crepúsculo

Comentou? Preencha o formulário e participe do Top Comentarista de Março.

Nenhum comentário :

Postar um comentário