#170: Um Gosto de Esperança – As Irmãs Keyes #3 – Susan Mallery

, em quarta-feira, 24 de julho de 2013 ,
Bookmark and Share

Editora: Harlequin Books
Páginas: 320
Ano: 2011

Sinopse (Skoob):
Jesse Keyes finalmente cresceu de verdade… Com um emprego fixo e mãe de um garotinho super agitado, ela agora está em uma posição muito melhor do que 5 anos atrás, quando saiu de Seattle grávida e incompreendida por quase todas as pessoas que conhecia. Mas havia chegado a hora de voltar para casa e enfrentar seus medos e culpas. Só que suas irmãs,Claire e Nicole, não parecem muito confiantes em relação à nova Jesse, adulta e responsável. Ainda por cima Matt, o pai de Gabe, deixa claro que não tem a menor intenção de vê-la novamente, apesar do forte desejo que ainda sentem quando estão próximos. Jesse está confusa, não sabe se poderá consertar os erros cometidos. Por outro lado, percebe que ainda é possível reconquistar Matt. E esse é todo o incentivo de que precisa para se animar outra vez!


Pode haver spoilers dos livros Um gosto de vida e Um gosto de amor.

Passaram-se 5 anos desde que Jesse deixou Seattle brigada com a irmã, Nicole, e com o namorado e amor da sua vida, Mathew Fenner. Além disso, ela estava grávida e ninguém acreditava que a criança podia ser de Matt, apesar de ela ter insistido que era.
Agora, Jesse está de volta e quer apresentar seu pequeno Gabriel para a família, principalmente para o pai do menino, por quem Gabe tem perguntado muito. Só que não será fácil enfrentar as pessoas e resolver os problemas do passado.

Se eu falar mais que isso, vou soltar spoilers do terceiro e último livro dessa trilogia encantadora, então me aterei a dar minha opinião. rs
Susan Mallery mostra, nesse volume da trilogia, como as pessoas podem mudar, crescer e amadurecer. Ela deixa claro também que não é um processo fácil, mas que com determinação, fé e esperança é possível chegar onde queremos.
Outra coisa que gostei bastante, num geral e especialmente nesse livro, é que os personagens da Susan são humanos. Jesse está longe de ser a garota perfeita, assim como Matt não é o homem perfeito, e eles cometem erros, se arrependem e correm atrás para consertar.
Preciso dizer que, apesar de entender – mais ou menos – o que ele estava sentindo, passei um bom tempo detestando o Matt profundamente, minha vontade era dar uns bons socos nele para ver se ele conseguia enxergar o outro lado da situação com mais clareza. Foi difícil, mas ele se redimiu comigo e após o final posso dizer que gosto dele.
Sobre Jesse, eu sei que ela errou e muito, mas só de saber que ela quer corrigir tudo e seguir em frente, já a admirei e torci por ela desde o início. Talvez por isso, também detestasse mais o Matt.
Para encerrar, fiquei muito feliz de ver a Susan falando de todos os personagens que criou e interagiram mais profundamente com as irmãs Keys ao longo dos livros, mesmo sem traze-los à narrativa do último. Assim: ela diz onde estão Amy – a filha de Wyatt, marido de Claire; Brittany – a filha de Hawk, marido de Nicole; e Raoul, o rapaz que Nicole ajuda. Não é como já vi acontecer, que o autor deixa o personagem secundário de lado e nem toca mais no nome dele, Susan nos dá uma localização para seus secundários.
A trilogia toda é linda e cheia de lições de amor, esperança e fé. O melhor livro, para mim, é o segundo, mas os outros dois não ficam muito atrás, então quem gosta de romance pode investir que eu indico demais!

Nota: 4,5/5.

Nenhum comentário :

Postar um comentário