Para aumentar a Estante #77

, em terça-feira, 2 de abril de 2013 ,
Bookmark and Share




Em abril, a Intrínseca acrescenta 6 livros ao seu catálogo. Hoje mostro 3 deles, incluindo um que quero muito: Como roubar a espada de um dragão.


05/04 — Comandante, de Rory Carroll — Durante os catorze anos em que ocupou a presidência da Venezuela, Hugo Chávez foi um fenômeno político único. Eleito de forma democrática, reinou pelas telas de TV como um monarca em seu trono, incitou adoração e repulsa em proporções equivalentes e procurou se perenizar no poder por mandatos sucessivos. Chamado de “comandante” por seus seguidores, Chávez desafia rótulos e exige uma análise cuidadosa.

O jornalista Rory Carroll, correspondente do jornal britânico The Guardian em Caracas de 2006 até 2012, transpõe os muros do Palácio de Miraflores para traçar um minucioso perfil de Chávez e dos bastidores da vida política venezuelana. Da populosa capital até os rincões mais distantes do país, Carroll retrata as mudanças vividas pelo povo venezuelano, num relato enriquecido por entrevistas com assessores, ministros, cortesãos, adversários políticos e cidadãos comuns. Um registro arrebatador e completo de um experimento único de governo que oscilou entre a iluminação, a tirania, a comédia e a farsa. Leia mais.

05/04 — A síndrome E, de Franck Thilliez — Um estranho caso atrapalha as férias de verão de Lucie Hennebelle, tenente de polícia em Lille, na França. Seu ex-namorado ficou cego depois de assistir a um filme mudo, anônimo, com um roteiro enigmático, concebido por uma mente doentia. Simultaneamente, o comissário Franck Sharko, veterano da Divisão de Homicídios, é chamado para investigar um crime violento. No norte da França, cinco cadáveres não identificados, mutilados de maneira atroz, foram encontrados durante as escavações para construção de um oleoduto.

Enquanto Lucie descobre os horrores escondidos no estranho filme, um misterioso informante do Canadá aponta-lhe o elo entre aquele rolo e os cadáveres, entrelaçando as trajetórias de Lucie e Sharko. Com mais de 500 mil exemplares vendidos na França, A síndrome E teve os direitos de adaptação cinematográfica adquiridos pela produtora Indian Paintbrush (Moonrise Kingdom e Jovens adultos). O roteiro ficará a cargo de Mark Heyman (Cisne negro).

15/04 — Como roubar a espada de um dragão, de Cressida Cowell (Série Como treinar o seu dragão Vol. 9) —Tempos difíceis se aproximam do Arquipélago Barbárico, tão negros que é como se o mundo estivesse sob alguma maldição: de um lado, uma Rebelião de Dragões ameaça a vida de todos os humanos; de outro, Alvin, o Traiçoeiro, pode acabar se tornando o próximo Rei do Oeste Mais Selvagem. A salvação, é claro, está nas mãos de Soluço Spantosicus Strondus III, o mais grandioso Herói já visto em todo o território Viking, e de seu fiel dragão de caça, Banguela.


Nenhum comentário :

Postar um comentário