#148: Mistério no Museu Imperial - Os Invencíveis #1 - Ana Cristina Massa

, em segunda-feira, 15 de abril de 2013 ,
Bookmark and Share


Editora: Biruta
Páginas: 155
Ano: 2012

Sinopse (Skoob):
Um grupo de meninos e meninas em busca de desafios - os Invencíveis. Assim eles se autodenominam para enfrentar outros grupos em jogos e disputas na internet. A aventura começa numa visita com a escola ao museu imperial de Petrópolis, onde compraram um quebra cabeças de três mil peças. Na tentativa de montá-lo o mais rápido possivel. Os invencíveis percebem que estão diante de um mistério que poderá levá-los a um desafio maior uma investigação que é um verdadeiro quebra-cabeças. a curiosidade os faz voltar a Petrópolis e ao Museu Imperial. antiga residência de verão de D.Pedro II e procurar as informações do presente e também do passado - que ajudem a desvendar o mistério.


Eugênio, Goma, Sofia e Isa são amigos e gostam de desafios. Eles se auto intitulam Invencíveis e são liderados por Eugênio. Goma e Gênio estudam juntos e, numa visita ao Museu Imperial em Petrópolis, a casa de veraneio de D. Pedro II, eles descobrem o novo desafio do grupo.
Eugênio compra quatro quebra-cabeças iguais de 3.000 peças na loja de suvenires do museu e desafia a si mesmo e aos 3 amigos quem monta primeiro sem ajuda. Goma e Sofia são meio irmãos e se trancam cada um em seu quarto, para que o outro não veja onde um está. Quando terminam os jogos, todos percebem que há um homem estranho na imagem que é réplica de um quadro do Museu.
Aproveitando as férias, os quatro e Jonas, outro garoto do colégio que também viu coisas estranhas no Museu, vão para a casa de Seu Otaviano, avô de Eugênio, em Petrópolis passar uma semana e usar esse tempo para explorar a casa de D. Pedro II e descobrir quem é o homem a mais na imagem dos quebra-cabeças.

Cinco adolescentes corajosos desvendando um mistério da história do Brasil. Parece até filme de sessão da tarde, mas é o enredo desse ótimo livro que, além de divertir, incentiva os jovens a pesquisarem o contexto histórico abordado na narrativa. Além de a leitura ser rápida e fácil, com a linguagem dos jovens, principalmente nas falas. Uma obra que poderia ser adotada e muito bem aproveitada pelos professores. =)
Adolescentes que me leem, procurem, é divertido.
Pessoal mais velho talvez não curta tanto.
Se tiver algum professor que leia o blog, diz aí se conhece a obra, por favor? ^-^

Nota: 4/5.


*Esse livro foi cedido para resenha pela editora Biruta.

Nenhum comentário :

Postar um comentário