#115: Destinos Cruzados - Beijada por um Anjo - Elizabeth Chandler

, em sexta-feira, 7 de dezembro de 2012 ,
Bookmark and Share


Editora: Novo Conceito
Páginas: 286
Ano: 2011

Sinopse (Skoob):
Um ano se passou desde que o namorado de Ivy, Tristan, morreu. De lá para cá, ambos seguiram em frente – Tristan para o outro lado da vida e Ivy para o doce e adorável Will. Agora, ela espera somente esquecer o horror do passado, deitar-se na praia com um copo de limonada e sair com seus amigos. Mas então, um acidente de carro põe fim à vida de Ivy. Enquanto ela flutua no além, se deparando com a vida que ela deixou para traz, Tristan a faz retornar a vida com um beijo apaixonado. Ivy acorda no hospital, cercada por Will e sua família, mas tudo o que ela consegue pensar é no amor que perdeu. Mas não são apenas as lembranças de Ivy que voltaram do passado. E dessa vez ela não tem certeza de que o amor possa salvá-la.


Eu acho, sinceramente, que a Elizabeth devia ter parado no livro 3 mesmo. Achei Destinos Cruzados um repeteco dos livros anteriores, com apenas uma modificação de cenário e de alguns fatos no final.
Além disso, o foco desse livro é completamente voltado à Ivy – diferente dos anteriores que variavam um pouco mostrando a Lacey e o Tristan e até o fofinho do Phillip – o que me fez perder um pouco a paciência, porque a Ivy é muito chata! E um pouco egoísta.
Ela sabe que não tem os mesmo sentimentos que Will e mesmo assim fica com ele, porque ele é o apoio que ela precisa ter. Na minha opinião, ela devia era ter deixado bem claro os reais sentimentos dela e não fazer o pobre garoto sofrer por estar com alguém que não gosta dele como ele gosta dela.
Daí que a Ivy morre num acidente de carro e é salva pelo Tristan, então ela fala com a Lacey, que diz que o beijo da vida usado por Tristan deve tê-lo derrubado e prejudicado sua posição na hierarquia dos anjos.
Outra coisa que acontece é uma sessão de Ouija – aquele tabuleiro usado para falar com os espíritos – que abre um portal para o mundo dos desencarnados. Porém não para os anjos e sim para o lado ruim, provavelmente trazendo Gregory de volta.
No fim, a gente não sabe direito quem dos rapazes voltou, nem em quem eles podem ter voltado e fica o livro todo nesse mistério. Agora vou ler o livro 5 – Revelações – para saber se melhora ou não.

Já resenhei os livros anteriores:

Nota: 3/5.

Nenhum comentário :

Postar um comentário