#91: Dizem por aí... - Jill Mansell

, em segunda-feira, 27 de agosto de 2012 ,
Bookmark and Share


Editora: Novo Conceito
Páginas: 432
Ano: 2012

Sinopse (Skoob):
O namorado de Tilly Cole acaba de se mudar do flat deles com metade de suas coisas. Sem nada para prendê-la, Tilly decide rapidamente morar mais perto de sua melhor amiga, Erin, em um vilarejo minúsculo em Cotswolds. Lá, Tilly é contratada no mesmo momento como faz-tudo em uma empresa de design de interiores. Para sua surpresa, a cidade pequena transborda escândalo, sexo, fofoqueiros e boatos, focados basicamente em Jack Lucas, o homem lindo de muita classe e melhor amigo de seu chefe. Todos falam para Tilly ignorar o encanto por Jack, que ela será apenas outra em sua cama se ela se deixar levar; mas Tilly, que trabalha ao lado de Jack, enxerga uma parte carinhosa e cuidadosa dele que não é revelada à cidade. É impossível que ele seja a mesma pessoa de quem todos falam. Ou é possível? Tilly deve separar os fatos da ficção e seguir seu instinto neste divertido romance moderno.


Tilly Cole chega em casa do trabalho e descobre que seu namorado a deixou... E levou tudo que era dele e estava no apartamento, tipo o tapete da entrada e a TV da sala dentre outras coisas. Então ela sai de Londres e vai visitar Erin, sua melhor amiga, em Roxborough – uma aconchegante cidade interiorana.
Erin tem seu próprio negócio, uma loja de roupas de grife usadas, e mora no apartamento em cima da loja. Em meio às atividades do fim de semana elas vão ao Fox, bar do Declan, onde Tilly fica por dentro das notícias e fofocas locais. Um anúncio de emprego no jornal local, do qual ela tira muito sarro, chama sua atenção.
Depois de uma entrevista engraçada com Max Doneen e a filha, Lou, Tilly termina pedindo demissão do emprego em Londres e se muda para Roxborough. Ela vai ser faz-tudo de Max, que é decorador, e o emprego inclui cuidar de Lou, da casa e ajuda-lo nos projetos. Com tantas atividades, ela tem certeza de que se divertirá muito.
Além da diversão que trabalhar com Max e Lou lhe oferece, Tilly conhece Jack Lucas, o Don Juan de Roxborough. Basicamente todas as mulheres da cidade, jovens e velhas, suspiram por ele. E não é para menos, o cara realmente merece estar nos sonhos de qualquer uma. Piriguete literária ao ataque! ^^
Só que Tilly não é a única que está passando por mudanças em sua vida. Erin, depois de anos sozinha, conhece um homem maravilhoso – ela é a única que não sente nada por Jack – e está cada vez mais apaixonada, mas ele está saindo de um casamento de 11 anos e a mulher dele é louca, então, a relação não é simples como ela gostaria.
Quem também está enfrentando problemas é Kaye McKenna, ex-mulher de Max e atriz em Hollywood. Ela vê sua carreira nos EUA ir por água abaixo por causa de uma calúnia da mulher de seu diretor e vai se refugiar em Roxborough, perto do ex e da filha.
Para saber como os problemas dessas três mulheres se resolvem, leiam Dizem por aí...

O livro em uma palavra: engraçado. Há tantas situações constrangedoras e até um tanto absurdas que não há como não rir. Vocês querem um exemplo? Tilly está encharcada dos pés a cabeça, mas fica soltando olhares sedutores para Jack durante a conversa deles. – Ela pensa que está molhada com água, mas... Não vou dizer! Leiam para descobrir. ;)
É um romance bem leve e super envolvente. Tem algumas situações mais sérias, principalmente envolvendo a Erin, mas no geral é comédia pura. Então, quem gosta de comédias românticas vai adorar.
E o livro trás algumas lições importantes sobre a questão das fofocas de cidade pequena, o bulling escolar, a descriminação sexual e os ciúmes. Então, aquela máxima de aprender se divertindo está inserida nessa obra.
Eu já li outro livro da Jill – vejam a resenha aqui – e ele não chega nem aos pés desse. Realmente gostei demais! E o final é incrível!

Nota: 5/5.

Nenhum comentário :

Postar um comentário