Resenha #17: Encantos do Jardim - Sarah Addison Allen

, em quinta-feira, 1 de dezembro de 2011 ,
Bookmark and Share

Editora: Rocco
Páginas: 238
Ano: 2008

Sinopse (Skoob):
Embora as mulheres da família Waverley não sejam feiticeiras, todos na diminuta ciade de Bascom sabem que há algo de misterioso nelas. A avó de Claire criava iguarias únicas com flores comestíveis para resolver problemas das pessoas e sua idosa prima Evanelle tem mania de enviar presentes inesperados exatamente quando as pessoas mais precisam deles. Quando Sydney, irmã caçula de Claire, volta a Bascom após uma década em Nova York, traz junto a filha Bay e a capacidade de unir esta família pouco convencional.

Esse livro representa para mim um daqueles achados. Sabe quando você está na internet olhando livros como boa bookaholic que é e vê uma capa fofa, lê uma sinopse e acha que aquele livro deve ser bom? Foi exatamente assim comigo. E que ótimo que eu fui atrás desse livro. Obrigada MBALD pelo presente.
Me apaixonei. Mesmo agora, dias depois de ter lido, a vontade é de devorar ler novamente.

A cidade de Bascom acredita que as mulheres da família Waverley são feiticeiras, apesar delas próprias dizerem que não.
É fato que há um jardim na casa da família com uma macieira meio louca que arremessa maças nos outros e as flores comestíveis que ali crescem ajudam em algumas coisas, além de uma delas dar presentes quando as pessoas mais precisam, mesmo que não saibam disso.
Claire Waverley é a atual moradora da casa da família. Depois que sua irmã sumiu no mundo aos 18 anos e a avó que as criou morreu logo depois, Claire continuou na casa e abriu um bufê, atendendo aos acadêmicos da universidade e a várias famílias da cidade.
Em Bascom mora também Evanelle, parente distante de Claire, que tem intuições e dá coisas as pessoas, mesmo quando elas não sabem que precisarão daquilo. Ela distribui objetos como isqueiros, band-aids e moedas. Além disso, ela caminha todos os dias na pista de atletismo da faculdade.
Tudo está calmo na cidade, quando Sydney – irmã de Claire – volta e traz consigo uma garotinha linda: sua filha Bay. Elas vêm de Seattle e planejam reconstruir suas vidas depois de fugir de David, pai de Bay.
A história é centrada nas mulheres Waverley, mas há alguns homens importantes. Tyler Hughes é professor na universidade e chegou a pouco tempo em Bascom, mudando-se para a casa vizinha a de Claire; ele não sabe sobre as histórias envolvendo as Waverley e fica encantado pela dona do bufê assim que a vê servindo o jantar para ele e seus colegas. Fred Walker é dono da mercearia e cresceu na cidade; além disso, vende alguns dos produtos de Claire em seu mercado.
A história se desenvolve em torno da reaproximação das irmãs e todas as revelações e descobertas que essa nova relação traz. Claire precisa superar o sentimento de ter sido deixada de lado pela mãe em favor da irmã, e Sydney deve mudar sobre se achar deslocada em Bascom.

Quando li a sinopse na internet, pensei que esse livro tivesse a mesma história do filme Da Magia à Sedução,com Sandra Bullock e Nicole Kidman, mas não tem nada a ver.
Quer dizer, ambos têm a base formada pela fórmula “família de feiticeiras + cidade pequena que não as aceita, mas convive com elas + homem de fora que não conhece a história”, mas pára por aí. A história em si é bem diferente.
Como disse antes, me apaixonei pelo livro! Encantos do Jardim entrou para a minha lista de favoritos e eu recomendo para qualquer um que goste de romances com um toque de magia.
Devo dizer que eu devorei o livro em pouquíssimas horas e quase o reli imediatamente.

Nota: 5/5.

Camila Araújo

Nenhum comentário :

Postar um comentário