Em Cartaz #04: A Hora do Espanto (2011): uma maçã novinha e verde

, em quinta-feira, 13 de outubro de 2011 ,
Bookmark and Share

O post de hoje demorou, mas está saindo.
Eu ia postar um vídeo, mas o Youtube me trollou, então fica para sábado.





Adaptações são sempre complicadas. Parece ser inerente, quando decidem recriar, algumas palavrinhas pipocam juntas, como dinheiro (especialmente agora em caros ingressos para 3D), acompanhar alguma moda, tentar criar um novo cult talvez... Aqui não vou questionar o por que dessa rememoração, mas, contra as opiniões prévias, SIM eu GOSTEI de A Hora do Espanto (2011).
Lembro que quando li sobre o filme na primeira vez tentei imaginar algo menos inocente que a Disney poderia financiar, com um pouquinho mais de sangue e menos diamantes brilhando na pele do vizinho perigoso e sedutor... E pra que melhor do que um vilão à moda antiga?  Charmoso, com caninos que crescem (não vigorosamente como em True Blood, mas isso é outra história...) e que são vilanescos apenas para (NÃO POSSO CONTAR)... Um vilão das antigas, inteligente, facilmente irritável, com toques de modernidade: Colin Farrell aparece mais na tela que a versão bestial, exalando sensualidade mais do que sexualidade, com cerveja e  – minha parte favorita – com maçãs. Casal principal a gente ignora nesses filmes. Mas a gente preza maçãs não vermelhas, como em um texto grande de vampiros românticos que já lemos...
Não me decepcionei com o filme, porque abri a mente para a possibilidade. Procurei diversão e encontrei. Procurar referências em filmes assim é minha diversão particular. Como ver um dos melhores anti-heróis, Red Mist (oi? Outra história...), ou alho ou estaca... 3D com cenas escuras definitivamente NÃO ajuda, por vezes fica ruim de ver os rostinhos ensanguentados... E ver um filme em que os maiores efeitos especiais (além do 3D) ficam nos dentinhos até me orgulha, sabe? Agora vou ver o original e comparar... Prometeram uma Hora do Espanto mais violenta nesse original, quem sabe minha maçã não acaba mais rápido de ansiedade?
E você? Já enfiaram uma estaca no seu coração alguma vez?

Nota: 3,5/5

Val Jr.

Nenhum comentário :

Postar um comentário