#426: Uma Noite Como Esta – Quarteto Smythe-Smith II – Julia Quinn

, em terça-feira, 25 de abril de 2017 , Nenhum coment�rio.

Editora: Arqueiro
Páginas: 272
Ano: 2017

Sinopse (Skoob):
Anne Wynter pode não ser quem diz que é…
Mas está se saindo muito bem como governanta de três jovenzinhas bem-nascidas. Seu trabalho é bastante desafiador: em uma única semana ela precisa se esconder em um depósito de instrumentos musicais, interpretar uma rainha má em uma peça que pode ser uma tragédia ou, talvez, uma comédia – ninguém sabe ao certo – e cuidar dos ferimentos do irresistível conde de Winstead. Após anos se esquivando de avanços masculinos indesejados, ele é o primeiro homem que a deixa verdadeiramente tentada, e está cada vez mais difícil para ela lembrar que uma governanta não tem o direito de flertar com um nobre.
Daniel Smythe-Smith pode estar em perigo…
Mas isso não impede o jovem conde de se apaixonar. Quando ele vê uma misteriosa mulher no concerto anual na casa de sua família, promete fazer de tudo para conhecê-la melhor, mesmo que isso signifique passar os dias na companhia de uma menina de 10 anos que pensa que é um unicórnio.
O problema é que Daniel tem um inimigo que prometeu matá-lo. Mesmo assim, no momento em que vê Anne ser ameaçada, ele não mede esforços para salvá-la e garantir seu final feliz com ela.


Daniel Smythe-Smith passou três anos exilado na Itália depois de um duelo infeliz com seu amigo Hugh Prentice. Não por causa de Hugh, mas porque o pai dele, Lorde Ramsgate, ameaçou Daniel de morte caso ele continuasse na Inglaterra.
Até que Hugh vai à Itália e garante que Daniel pode voltar, pois o pai não vai mais importuná-lo. Feliz em voltar para a família, Daniel retorna justamente no dia da apresentação do Quarteto, mas encontra uma pessoa diferente ao piano. Sarah, sua prima, devia estar ao piano, porém adoeceu subitamente e Anne Wynter, a governanta das irmãs mais novas de Sarah, foi convocada a substituir a moça, pois uma vez comentou com Lady Pleinsworth que sabia tocar o instrumento.
A governanta percebe rapidamente que se meteu em uma roubada, mas não só precisa como adora seu emprego com as jovens Pleinsworth, e encara a situação com estoicismo, apenas tentando se manter a mais incógnita possível. Mal sabe ela que Daniel ficou observando-a do fundo do palco.
Anne tem suas razões para se manter fora dos holofotes e não só porque é uma governanta, porém ela espera que ninguém descubra essas razões. No entanto, Daniel é um risco ao seu segredo, pois ele está cada vez mais interessado por Anne e passa a visitar a casa da tia com frequência, com a desculpa de visitar as primas menores, só para ficar próximo da governanta.
Quando algumas situações perigosas ocorrem com ele e Anne, Daniel suspeita que Lorde Ramsgate esteja descumprindo seu acordo com Hugh, apesar de o amigo garantir que o pai não faria isso. Porém a moça teme que seja o seu passado retornando para assombrá-la.

Gostei desse volume praticamente tanto quanto do primeiro! Mesmo ele não sendo tão fofo quanto a história de Marcus e Honória. Por conta do segredo da Anne o tom de Uma Noite Como Esta é um pouco mais pesado que o de Simplesmente o Paraíso.
Anne é uma moça forte, que fez de tudo para superar seu passado e se defender de problemas do futuro. E o Daniel amadureceu durante seu exílio, sem deixar que os três anos fugindo o endurecessem demais.
O troféu fofura vai para a Frances, a irmã mais nova da Sarah, que é apaixonada por unicórnios e tem um papel muito importante no livro! Eu também adoro a Harriet, que em idade vem logo depois da Sarah e que adora escrever histórias muito criativas. Uma das cenas mais engraçadas e fofas desse livro é de um dia passado no campo ensaiando uma das peças da Harriet.
Esse Quarteto da diva Julia Quinn é só amor, gente! Quem gosta de romances de época TEM que ler!
E uma curiosidade para quem se pergunta onde ele se encaixa em relação aos Bridgertons, mesmo que os personagens da outra série quase não apareçam, eu entendi que é mais ou menos quando a Hyacinth está conhecendo o Gareth, ou seja, antes do livro 7 terminar – pelo menos os volumes 1 e 2 do Quarteto são nessa época.

Nota: 5/5 – favorito.

Quarteto Smythe-Smith:
Uma Noite Como Esta
A Soma de Todos os Beijos

Os Mistérios de Sir Richard

Comentou? Preencha o formulário e participe do Top Comentarista de Abril.

#425: Quando ela se foi – Myron Bolitar IX – Harlan Coben

, em sexta-feira, 21 de abril de 2017 , Nenhum coment�rio.

Continue lendo...

#424: Seduzida por um Guerreiro Escocês – Montgomery e Armstrong I – Maya Banks

, em terça-feira, 18 de abril de 2017 , Nenhum coment�rio.

Continue lendo...

Sorteio: Irmãos de Sangue

, em sábado, 15 de abril de 2017 , Nenhum coment�rio.

Continue lendo...

#423: Irmãos de Sangue – A Sina dos Sete I – Nora Roberts

, em sexta-feira, 14 de abril de 2017 , Nenhum coment�rio.

Continue lendo...

#422: Amante Desperto – Irmandade da Adaga Negra III – J.R. Ward

, em quarta-feira, 12 de abril de 2017 , Nenhum coment�rio.

Continue lendo...

Sorteio: Quando a Bela Domou a Fera

, em sábado, 8 de abril de 2017 , Nenhum coment�rio.

Continue lendo...